Dia Mundial de Combate à Hanseníase é lembrado com café da manhã na Policlínica

Profissionais da Saúde, voluntários, pacientes e familiares participaram de um concorrido café da manhã em alusão à data

Imagem: Lucas StefanoProfissionais da saúde e voluntários do MOHAN lembraram a data juntos com os pacientes em um concorrido café da manhã(Imagem:Lucas Stefano)Profissionais da saúde e voluntários do MOHAN lembraram a data juntos com os pacientes em um concorrido café da manhã
Para marcar o dia Mundial de Combate a Hanseníase a Secretaria Municipal de Saúde de Timon ofereceu na manhã de hoje (31), um café da manhã para cerca de 40 pacientes em tratamento. O evento aconteceu na Policlínica, no bairro Parque Piauí e contou com a presença de representantes de entidades de combate a doença e profissionais de saúde.

A Policlínica de Timon é referência no atendimento a pacientes com hanseníase, desde a detecção do bacilo, até a conclusão do tratamento. Segundo a coordenadora do programa nacional de combate a doença, a hanseníase quando detectada logo no inicio tem cura." As pessoas precisam aprender a se olhar e saber que qualquer mancha na pele pode ser um sinal de alerta. O tratamento é eficaz e gratuito e não há a necessidade de isolamento do paciente, basta procurar uma unidade de saúde”, disse Lucimar Batista.

O diagnóstico precoce evita o agravamento da doença. O tratamento dura entre seis e doze meses. Se realizado corretamente o portador deixa de transmitir a doença para outras pessoas pelas vias respiratórias, logo no inicio do uso da medicação. O dia mundial de combate a hanseníase terá continuidade a partir das 14h desta quinta-feira (31/01) no Posto de Saúde do bairro Cidade Nova, onde haverá uma palestra e uma apresentação do teatro de bonecos com a peça “Hanseníase tem cura”.
Editada em 31/01/2013 as 16h46 - Por: Lucas Stefano Fonte: Lucas Stefano